Utilizando a luz de forma certa em uma fotografia – Parte 02

Mesmo que as nossas câmeras possuam muitos botões, somente três configurações determinam a exposição de uma foto: a abertura, o tempo de exposição e o ISO.

 

Se mesmo alterando estas três configurações você não conseguir uma fotografia bem exposta, a alternativa será alterar os fatores externos, como horário do dia, a posição das pessoas, o uso de iluminação artificial ou o tipo de lente que está utilizando.

Fotografia bem feita:

Viva o Infinito

A abertura do diafragma

A primeira configuração que precisamos conhecer para conseguir controlar a exposição é a abertura do diafragma. O diafragma fica dentro da sua lente (leia o manual da sua câmera).

 

A luz vai passar por este pequeno buraco no momento da foto. Quanto maior ele ficar, maior a quantidade de luz irá entrar. Quanto menor ele ficar, menos luz irá entrar. Ele funciona como se fosse a pupila do nosso olho: ele fica maior para conseguir absorver mais luz quando for necessário e menor quando está mais claro.

 

Dica:

Cada modelo de lente possui aberturas máximas e mínimas diferentes. As lentes com valores f menores (como f/1.4 e f/2.8) possibilitam maior entrada de luz, sendo uma ótima escolha em situações com pouca iluminação. Estas são as lentes claras. Já as lentes que apresentam valores f maiores (acima de f/5.6) não permitem passar tanta luz, e são chamadas de lentes escuras.

 

A abertura do diafragma é medida por um valor chamado “f”. Quanto menor o valor f, maior será a abertura do diafragma (isso pode ser um pouco complicado inicialmente, porém logo você acaba se acostumando.) Ou seja: a abertura f/2.8 permite entrar mais luz em relação à abertura f/11.

 

Além de definir a quantidade de luz que chega até o seu sensor, a abertura do diafragma define a profundidade de campo, conhecida como DOF (do inglês, depth of field.) O DOF define o quanto os objetos que está mais perto do foco principal na foto ficarão focados também.

 

Um DOF maior quer dizer que mais objetos atrás e à frente do seu foco principal estarão definidas. Um DOF menor significa que qualquer objeto que estiver atrás ou à frente do seu foco principal estará com menor definição.

 

A abertura ajuda a definir isso: uma abertura maior garante que menos objetos à frente e atrás da imagem principal fiquem em foco, enquanto uma abertura menor garante que mais objetos fiquem focados.

 

Certamente você já deve ter visto retratos em que o fundo está totalmente embaçado: isso é fruto da utilização de uma abertura muito grande.

Saiba mais sobre fotografia visitando meu site.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s